Bancos são multados em R$ 1,540 milhão

36

Os bancos foram punidos no último dia 17/3, com 132 multas por descumprimento das leis de segurança, totalizando R$ 1,540 milhão, durante a 85ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos de Segurança Privada (CCASP) do Ministério da Justiça, coordenada pelo delegado Adelar Anderle da Polícia Federal (PF), em Brasília. Duas agências da Nossa Caixa, hoje do Banco do Brasil, também foram interditadas.


O campeão em multas foi o Santander, com R$ 625 mil. O vice-campeão em multas foi o Itaú Unibanco com R$ 270 mil e o terceiro lugar, o HSBC com R$ 145 mil. “Os bancos continuam abusando e descumprindo as normas de segurança, apesar dos lucros. Não se justifica esse descaso com os planos de segurança, cujo cumprimento devia ser prioridade. Isso mostra que muitos bancos seguem colocando a defesa do patrimônio acima da vida, o que é lamentável”, salienta o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo.

CCASP – A CCASP é um fórum tripartite. Conta com representantes do governo e entidades dos patrões e dos trabalhadores e se reúne, em média, a cada dois meses para julgar os processos abertos pela fiscalização das delegacias estaduais de segurança privada da PF. A Contraf-CUT representa os bancários e atua em conjunto com o Coletivo Nacional de Segurança Bancária, integrado por dirigentes das federações, e em parceria com a Confederação Nacional dos Trabalhadores Vigilantes (CNTV).

Veja os bancos multados:


Santander – R$ 625,010 mil


Itaú Unibanco – R$ 438,670 mil


HSBC – R$ 145,001


Mercantil do Brasil – R$ 65,002


Bradesco – R$ 45,665 mil


Caixa Econômica Federal – R$ 43,336 mil


Nossa Caixa – R$ 46,666


Safra – R$ 30,003 mil


Banco do Brasil – R$ 20,665 mil


BMG – R$ 20 mil


BIC – R$ 15 mil


Banco do Nordeste do Brasil – R$ 15 mil


Banco da Amazônia – R$ 10,001 mil


Semear – R$ 10,001 mil


Banif – R$ 10,001 mil

Total – R$ 1.540,021 mil