Bancos voltam a ser campeões dos lucros

25

R$ 37,2 bi. Esse foi o lucro líquido somado das instituições financeiras nos primeiros nove meses deste ano e que, segundo estudo da consultoria Economatica, é o maior entre as empresas de capital aberto no Brasil. A informação foi divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo na terça, 22/11.


Conforme análise da consultoria, quando comparado ao período de janeiro a setembro do ano passado, o lucro líquido das 23 instituições que compõem o setor bancário cresceu 17%. É inadmissível que um setor tão lucrativo mantenha-se na contramão dos empregos e do crescimento da economia nacional. Os números mostram que os bancos podem contribuir com a sociedade, contratando bancários.


Na lista confeccionada pela Economática e que integra 25 segmentos, em segundo lugar ficou o de mineração que lucrou R$ 29,5 bi, em seguida vem o de petróleo com R$ 28,3 bi. Dos setores analisados, apenas dois tiveram prejuízo acumulado até setembro deste ano: o de papel e celulose, com perda de R$ 640 mi, e o de eletroeletrônicos, com prejuízo de R$ 38 mi.

Mais lucrativas – A liderança dentre as 20 companhias mais lucrativas em 2011 está nas mãos da Vale, que acumula o mesmo posto na América Latina. Em seguida vem a Petrobrás, e as outras quatro posições estão com os bancos. Na análise por setor, bancos e energia elétrica são os que têm maior presença, com quatro empresas cada no levantamento.