BB acena com avanços no Plano Odontológico e programa da Cassi

30

Aconteceu no dia 24/9, em São Paulo, mais uma rodada de negociações entre o Comando Nacional dos Bancários e o Banco do Brasil. No encontro, foram discutidas questões relativas a saúde e condições de trabalho. Os bancários questionaram os representantes do BB a respeito da criação do Plano Odontológico da Cassi, reivindicação dos funcionários. O banco afirmou que tratará o tema com especial atenção e que vê com bons olhos a implantação desta cobertura como um produto da Cassi.


Outro avanço na negociação ocorreu na discussão da estratégia de Saúde da Família da Cassi. O BB concorda que é necessário valorizar essa ação como forma de prevenir doenças. “Nesse sentido, é preciso criar interação entre o programa da Cassi e o Exame Periódico de Saúde, realizado anualmente pelos funcionários, uma vez que o trabalho pode contribuir para o adoecimento das pessoas”, avalia Marcel Barros, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB da Contraf-CUT, que assessora o Comando nas negociações específicas com o banco federal. Ficou definido o desenvolvimento conjunto por banco e funcionários de um programa que busque apresentar propostas objetivas para garantir que o exame periódico retrate com fidelidade as condições de trabalho e seus impactos para a saúde do trabalhador.


O movimento sindical propôs também que, na definição da estratégia da empresa, sejam considerados itens como nível de adoecimento, reclamações na ouvidoria interna e ações judiciais. “Com isso, o acordo de trabalho passaria a refletir também o bem estar dos funcionários”, explica Marcel.


Uma nova rodada de negociações ficou definida para o dia 29/9, quando serão discutidas as cláusulas econômicas. “É importante que os funcionários participem ativamente das atividades da Campanha Nacional dos Bancários, pois só com mobilização alcançaremos novas conquistas”, defende Marcel.