BB ignora decisão judicial e desrespeita seus funcionários

10


O Banco do Brasil desrespeita seus funcionários, que receberam o adiantamento da metade do 13º em abril e na folha de pagamento de novembro, foi feito o estorno de parte do valor do adiantamento, especialmente dos funcionários que foram descomissionados. O cálculo do valor total do 13º foi feito com base no salário atual, sem o valor da comissão, ou com a comissão reduzida.


Existe uma decisão judicial, em ação impetrada pela Contraf-CUT, que garante aos trabalhadores atingidos pela reestruturação imposta pelo governo Temer, o direito de manter a comissão recebida por dez anos ou mais, incorporando-a aos salários com impactos previdenciários, férias e 13º e outros.


O BB tem o dever de pagar os salários atrasados e o 13º corretamente, incorporando a comissão ao salário. O banco tem prazo de 60 dias para cumprir a decisão judicial.