Becistas exigem o fim da intervenção na Cabec

36

Uma assembléia específica reuniu cerca de 100 participantes da Caixa de Assistência do BEC (Cabec) ativos e aposentados, no último dia 27/7, na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará. Na assembléia, convocada pelo Sindicato, Associação dos Funcionários do BEC (AFBEC) e a Associação dos Aposentados do BEC (AFABEC), foram tiradas resoluções que darão encaminhamento à Cabec. Presentes ao evento, os diretores Carlos Eduardo e Robério Ximenes representando o SEEB/CE; pela AFBEC, o presidente Erotildes Teixeira e pela AFABEC, a presidente Maria Layze Menezes.

Na ocasião foi deliberada, por unanimidade, a contratação de um escritório jurídico especializado em previdência privada para questionar as mudanças estatutárias, procedidas pela gestão interventora da Cabec. Também foi aprovada a solicitação de reunião com a direção do Bradesco para discutir especificamente a Caixa de Assistência do BEC.

Na mesma reunião, os participantes da Cabec decidiram que irão publicizar a questão da Caixa na grande imprensa, na Assembléia Legislativa do Ceará, junto ao Ministério Público e Câmara Federal, juntamente com a ANAPAR.

Junto à Secretaria de Previdência Complementar, os participantes irão solicitar o imediato encerramento da intervenção na Cabec, ou seja, a saída imediata do interventor, porque ele está negociando com a direção do Bradesco à revelia dos interesses deles, participantes da Caixa.

Segundo Erotildes Teixeira “os participantes ativos e aposentados e suas entidades representativas não aceitam nenhum tipo de mudança estatutária, no estatuto vigente, que não seja de forma negociada, devidamente aceita e aprovada por todos. Exigem, ainda, da Secretaria de Previdência Complementar o imediato encerramento da intervenção e a posse dos conselheiros eleitos na última eleição legal da Cabec”.