Beneficiários aprovam acordo proposto pelo BNB e adesão inicia já nesta semana

7


Reunidos em assembleia na noite de terça-feira, 24/5, mais de 500 beneficiários da ação de equiparação das funções em comissão dos funcionários do BNB às do BB aceitaram, por ampla maioria (mais de 90% dos presentes), a proposta feita pelo Banco para liquidação do passivo trabalhista que já tramita na Justiça desde 1991.


Durante o evento, o corpo jurídico do Sindicato dos Bancários do Ceará, assim como o assessor técnico Sousa Júnior, estiveram presentes para prestar esclarecimentos aos beneficiários.


A proposta do Banco do Nordeste do Brasil aprovada pelos beneficiários é de R$ 115 milhões. A adesão ao acordo será individual, caso o beneficiário concorde com os valores a ser destinados. Ou seja, quem não concordar e não quiser assinar o acordo continuará com a ação na Justiça.


Termos de adesão – O Sindicato está realizando todos os esforços possíveis para conseguir disponibilizar, já a partir desta semana, o termo de adesão individual ao acordo na Ação de Equiparação. O documento foi elaborado pela assessoria jurídica do Sindicato e o esforço é no sentido de agilizar o processo de assinatura dos termos, mas isso dependerá da aprovação do conteúdo do termo pelas outras duas partes envolvidas no processo: Justiça e BNB.


As assinaturas serão colhidas na sede do Sindicato (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro) obedecendo a cronograma que adotará o critério de priorizar as pessoas com mais idade e por ordem alfabética. Isso para possibilitar o atendimento a todos com tranquilidade e sem atropelos.