Bradescão para no oitavo dia de greve

32

No oitavo dia de greve dos bancários do Ceará, a ordem foi fortalecer ainda mais o movimento nos bancos privados. A adesão dos funcionários de bancos privados tem sido forte e voluntária e a mobilização do dia foi no Bradesco da Senador Alencar (“Bradescão”), no Centro de Fortaleza.


Segundo Telmo Nunes, diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará e funcionário do Bradesco, “a falta de resposta da Fenaban está causando uma revolta muito grande nos bancários e nós vamos intensificar o movimento grevista”. O diretor disse também que o movimento grevista está tentando reabrir o canal de negociação através do Comando Nacional.


Já o diretor Robério Ximenes, também funcionário do Bradesco, afirmou que a direção do Sindicato está fazendo todo o esforço para paralisar o maior número de agências, visando quebrar a intransigência dos banqueiros, para que haja uma proposta decente.


Os diretores permaneceram no Bradescão durante todo o dia esclarecendo a população sobre o movimento grevista.