Bradesco e Santander divulgam lucro do trimestre

24

Um lucro de R$, 279 bilhões. Este foi o resultado do lucro líquido alcançado pelo segundo maior banco privado do Brasil, o Bradesco. O crescimento foi de 3,4% superior a 2011. O anúncio foi feito segunda, dia 23/4. Em relação aos ativos totais, o saldo foi de R$ 789,55 bilhões, alta de 17% em comparação com os três primeiros meses de 2011. Sobre o patrimônio líquido médio anualizado, o banco fechou em 21, 4% menor que 24,2% no primeiro trimestre do ano passado.


O crescimento também foi verificado na carteira de crédito. Em relação ao ano de 2011, o índice subiu para 14,6% no comparativo anual, para R$ 350,83 bilhões. Este resultado foi conseguido pelos incrementos de 17% nos empréstimos à pessoa jurídica e de 9,4% para pessoa física.

Lucro do Santander – O Santander Brasil contribuiu com 27% do lucro mundial do grupo espanhol e registrou R$ 1,766 bilhão no primeiro trimestre de 2012, segundo as regras contábeis brasileiras. O montante representa uma queda de 3,3% sobre o mesmo período de 2011, diante da alta de 44,3% nas provisões para devedores duvidosos em comparação aos primeiros três meses do ano passado, e uma elevação de 7,5% em relação ao lucro do quarto trimestre de 2011.


“Com todo esse lucro, o banco tem plena condições de atender às demandas dos trabalhadores e aposentados, como a contratação de mais empregados, pagamento de hora extra e o fim da política de rotatividade”, disse Eugênio Silva, diretor do SEEB/CE, que destaca está na hora de valorizar os funcionários.