Bradesco estuda fechar 200 agências em todo o País

36


O Bradesco anunciou no início de março que estuda o fechamento de 200 agências em todo o País, o que deixou centenas de bancários apreensivos e temerosos em relação às demissões.


Com a falta de pessoal cada vez maior nas agências e nos departamentos do banco em todo o Brasil, e a consequente sobrecarga de trabalho, a direção do Sindicato e os representantes da Comissão de Empresa dos Funcionários já estão procurando o banco para averiguar a veracidade do assunto e cobrar explicações.


O Bradesco garantiu que não haverá demissões, mas sim a transferência de pessoal para agências que estão precisando de bancários. O banco também informou que não priorizará o banco digital em substituição às agências físicas. Mas estaremos atentos para qualquer irregularidade.


O Sindicato está cobrando ainda medidas enérgicas contra o assédio moral relativo às vendas de produtos, metas abusivas, visitas aos clientes e outras exigências, uma vez que o banco quer ainda este ano elevar o número médio de produtos vendidos de 1,6 atualmente para dois por cliente.


O Sindicato orienta que qualquer tipo de pressão ou irregularidades, os bancários devem procurar imediatamente a entidade para denunciar: 85 3252 4266.