Bradesco promete manter tarifas praticadas pelo BEC

71

Em audiência pública realizada no último dia 25/5, na Assembléia Legislativa, o Bradesco se comprometeu em manter, até setembro, as tarifas praticadas pelo Banco do Estado do Ceará (BEC) para os servidores públicos estaduais. Após esse período, segundo o diretor regional da instituição, Fernando Tenório, as tarifas serão reavaliadas. A audiência foi requerida pelo deputado estadual Nelson Martins (PT).

Outro ponto abordado na audiência foi a manutenção no Bradesco dos empregos de antigos funcionários do BEC. A preocupação foi manifestada por diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará, que afirmaram haver casos de ex-becistas que estariam sofrendo “pressão, constrangimento e humilhação” após a transição para o banco paulistano, inclusive dois funcionários da Agência Parangaba pediram demissão por não suportar a pressão do banco. Tenório disse desconhecer o fato e prometeu apurá-lo, ressaltando que não houve demissões de ex-funcionários do BEC. “Pelo contrário, admitimos 270 novos funcionários”, acrescentou.

De acordo com Tenório, o pagamento dos servidores dos municípios onde não havia BEC continuará sendo feito no Banco do Brasil, até que se tenha estrutura necessária para fazer a mudança.