Brasil gera 252 mil empregos em maio e acumula 1,17 milhão em 2011

33

O Brasil registrou a criação de 252.067 mil empregos em maio, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho divulgados na segunda-feira, dia 20/6. Nos cinco primeiros meses desse ano, foram criados 1,171 milhão de vagas de trabalho.


O resultado é inferior ao verificado em abril, quando foram abertas 272.225 vagas de trabalho, e em maio de 2010, quando foram criados 298.041 postos. Também é menor ao ano passado, quando mais de 1,3 milhão de empregos foram gerados.


O resultado é decorrente da contratação de 1,912 milhões de pessoas – o maior resultado para todos os meses do Caged – e da demissão de 1,660 milhão de trabalhadores.


O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, destacou a importância da geração de empregos durante o laçamento do programa ProJovem Trabalhador, no Estado do Rio de Janeiro.


A expectativa de Lupi é que o país encerre 2011 com a geração de 3 milhões de empregos formais. “Estamos com muitos investimentos no Brasil ainda, principalmente os investimentos internacionais. Estamos com muitos preparativos para as Olimpíadas, a Copa do Mundo, muitos investimentos do PAC [Programa de Aceleração do Crescimento], o Programa Minha Casa, Minha Vida está ampliando sua capacidade de investimento. Sou muito otimista. Devemos ter um segundo semestre melhor do que o primeiro”, disse Lupi.