Caixa do Ceará afirma não ter autonomia para convocar concursados

32

     

Os representantes da Caixa Econômica Federal frustraram os concursados durante audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Ceará (AL/CE), no último dia 15/12, com o objetivo de discutir o problema da demora e da baixa convocação dos aprovados em concurso do banco. De acordo com os representantes da empresa, há autorização para a abertura de novas unidades, mas isso demanda muitos trâmites legais, além disso, a regional Ceará não tem autonomia para convocar concursados. Essa ordem vem da Matriz, em Brasília. A audiência atendeu a requerimento do deputado estadual Heitor Férrer (PDT), que presidiu os trabalhos.


Como resultado, a Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Assembleia Legislativa, em conjunto com a Comissão dos Aprovados no Concurso da Caixa, devem elaborar um documento para ser encaminhado às instâncias federais, em Brasília, cobrando mais convocações da Caixa para o Ceará.


Os concursados alegaram durante a audiência que todas as premissas ditas pela Ouvidoria da Caixa para se efetuar contratações já estão preenchidas, mas as convocações no Ceará estão abaixo de índices de estados como Pernambuco e Bahia. Segundo o Admissional da CEF, o cargo Técnico Bancário atualizado no dia 05/12/2011 registra apenas 78 convocados para Fortaleza, enquanto Recife teve 188 e Salvador, 336. Até Caruaru, no interior do Pernambuco, teve mais convocados que Fortaleza: 136. É importante ressaltar que o concurso vence em junho/2012 e a CEF fala em fazer um novo concurso sem convocar todos os aprovados do concurso vigente.

Governo já autorizou novas contratações – É importante ressalta ainda que a edição do dia 24/10 do “Diário Oficial da União” divulgou a portaria do Dest, órgão vinculado ao Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, na qual a Caixa Econômica Federal fica autorizada a alterar o limite máximo de seu quadro de pessoal próprio para 99.024 empregados. Além disso, ao procurar a Ouvidoria da Caixa sobre as convocações, a Comissão dos Concursados recebeu uma resposta que dizia que o banco convoca também segundo as necessidades estratégicas da empresa. “Não queremos acreditar, portanto, que o Ceará está de fora dessas necessidades estratégicas da Caixa. Se todos os requisitos estão preenchidos, não há justificativa para não contratar”, afirmou Rafael Feitosa, 28 anos, que fez concurso para técnico bancário e representou os concursados na audiência. Ele completa: “nós estudamos muito,mas isso é só o lado pessoal, porque quando se faz um concurso público, se pensa também na coletividade, pois os serviços bancários oferecidos pela Caixa são muito procurados pela sociedade e nós queremos contribuir para que essa população seja melhor atendida”, disse.


O presidente da APCEF/CE, Áureo Júnior, falou que falta mais incentivo por parte da Caixa no Ceará. “Há que se juntar as forças: movimento sindical, parlamentares, concursados, todos juntos para que o banco volte mais seus olhos para o Estado”.


Já o representante do Sindicato dos Bancários, Ricardo de Paula, afirmou que a demanda por novos empregados do Interior é muito grande. “Esses 489 concursados que aguardam convocação seriam muito bem vindos para prestar melhor atendimento à população”, disse.

Comissão dos Concursados – O contato com o grupo pode ser feito através da comunidade no Orkut – Concurso Caixa 2010 – Ceará, através do email:  comissaoaprovadoscef2010@groups.live.com, ou ainda pelo telefone 8806 0177 (Aurélio).