Caixa lucra R$ 7,156 bilhões e fecha 3.219 postos de trabalho

10


Mesmo com o lucro de R$ 7,156 bilhões, crescimento de 0,9% em relação ao exercício de 2014, a Caixa fechou 3.219 postos de trabalho, devido ao Plano de Apoio à Aposentadoria (PAA), implementado pelo banco.O número de empregados efetivos da Caixa, em dezembro de 2015, foi de 97.458. Nos últimos 12 meses foram abertas 13 agências e 28 postos de atendimento, enquanto foram fechados 3.790 postos de correspondentes bancários, para um total de 14.421 unidades.


As receitas com prestação de serviços e tarifas bancárias cresceram 12,6% em doze meses, enquanto as despesas de pessoal cresceram 10,5%, permitindo que as receitas de serviços e tarifas cobrissem 104,85% das despesas de pessoal no ano.


Atendendo à reivindicação das entidades representativas dos empregados, a Caixa antecipou o pagamento da PLR para o dia 10/3. No acordo aditivo está previsto que o crédito poderia ser feito até o final do mês.


A PLR na Caixa é composta pela regra básica da Fenaban – 90% do salário mais R$ 2.021,79, limitado a R$ 10.845,92 – mais valor adicional de 2,2% do lucro líquido dividido igualmente entre os bancários, limitado a R$ 4.043,58, acrescidos da PLR Social, que corresponde a 4% do lucro líquido, distribuído de forma linear entre os trabalhadores.


“Nós queremos destacar que o lucro foi gerado pelo esforço dos empregados. Além disso, os números mostram também que a Caixa tem condições de repor os postos de trabalho fechados e ainda aumentar as contratações, proporcionando melhores condições de trabalho para os empregados e um atendimento digno à população”, afirmou Marcos Saraiva, diretor do Sindicato e representante da Fetrafi/NE na CEE/Caixa.