Camed reajusta Plano Natural abaixo de 9%, mas associados continuam no sufoco

5


Pela primeira vez nos últimos anos a CAMED reajustou as taxas do Plano Natural em patamar inferior aos 9% de reajuste conquistado na última campanha salarial dos bancários. O reajuste de 8,75% vigora a partir  deste mês de janeiro/15 e é consequência de exaustivo processo de negociação onde o Sindicato dos Bancários do Ceará sempre reivindicou  um basta nos sucessivos aumentos superiores aos índices de reajustes salariais obtidos pelos trabalhadores.


Apesar desse avanço, a situação da maioria dos associados da CAMED, principalmente aqueles que têm dependentes no Plano Família, continua insustentável devido às elevadas taxas cobradas sem que haja a contrapartida do Banco do Nordeste como patrocinador do Fundo. “A luta continua  para retomar pelo menos os genitores para o Plano Natural” , afirma Tomaz de Aquino, diretor do SEEB/CE e coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB).


Tomaz enfatiza a importância desse retorno porque somente assim o BNB assumiria uma parte dos custos com os dependentes Família, amenizando a situação dos funcionários. “Há dois anos, o Banco deixou de contribuir nessa modalidade e o custo pesado passou a ser totalmente absorvido pelo associado, o que é inadmissível”, conclui o dirigente sindical.