Camed reajusta planos e CNFBNB quer discutir redução de custos

38

A Camed anunciou durante reunião com a Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT) ocorrida último dia 7/4, em Fortaleza, que vai reajustar, já na folha deste mês, o Plano Natural em 8,15% e o Plano Família em 15%. Em contrapartida, os associados que têm genitores no Plano Família poderão migrá-los para o Plano Natural , o que resultará para estes, ao final das contas, uma redução de 8% em seus custos mensais com a Camed.


O anúncio foi feito pelo presidente da Camed, João Robério, sob a alegativa da necessidade de redução do déficit mensal dos dois planos de R$ 1,4 milhão para R$ 384 mil. Na ocasião, a CNFBNB fez questão de ressaltar que a reajuste foi um ato de gestão da direção da Camed, embora a Comissão Nacional tenha sido informada sobre o déficit desde janeiro deste ano, ocasião em que reivindicou a criação de Grupo de Trabalho que resultou no adiamento do reajuste para este mês e na redução do índice anteriormente previsto de reajuste do Plano Família de 27,5% para 15% anunciados, o que foi possível pela solução da migração dos genitores, que impõe ao Banco uma maior contrapartida.


A CNFBNB alerta a direção da Camed sobre a necessidade de continuação do Grupo de Trabalho paritário para discutir a redução de custos administrativos, operacionais e médicos, visando, com isso, evitar novos reajustes que venham a impactar as já combalidas finanças dos funcionários ativos e aposentados do BNB.