Campanha “Acorda BB” na agência da Parquelândia

46

A campanha “Acorda BB” teve continuidade na quarta-feira, 7/5, com manifestação em frente à agência do Banco do Brasil Parquelândia. A unidade fica na Av. Bezerra de Menezes, um dos corredores comerciais mais movimentados de Fortaleza.


O diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará e funcionário do BB, Bosco Mota, lembrou que a mobilização não era algo isolado, ela integrava uma programação nacional de luta por melhorias no Banco do Brasil. “Todas as quartas-feiras, os Sindicatos dos Bancários de todo o Brasil fazem essas movimentações por mais contratação e por melhoria no atendimento aos clientes”, afirmou.


Já o diretor do SEEB/CE e membro da Comissão de Empresa do BB, Carlos Eduardo, fez referência à reestruturação feita pelo Banco do Brasil em maio de 2007. “Há um ano, o BB instalou esse plano estruturante, que resultou no não pagamento de funções, sobrecarga de trabalho e assédio moral”, ressaltou.


Ele destacou ainda que “todos os clientes do Banco do Brasil são penalizados com essa política da instituição, pois passam muito tempo nas filas, além de pagar altas taxas pelos serviços bancários”.


“Não é esse o Banco do Brasil que o Sindicato dos Bancários defende, e também não é esse o BB que a população deseja. A nossa campanha é, acima de tudo, um manifesto para que o BB volte a respeitar o cliente”, enfatizou o diretor do SEEB/CE, Tomaz de Aquino.


Cliente do banco há 22 anos, a aposentada Íris Gonçalves acompanhou toda a mobilização do Sindicato e aproveitou para contestar as condições de atendimento. “As filas hoje estão bem maiores. A gente espera demais. Já estou aqui há 20 minutos e ainda faltam mais quatro fichas para eu ser atendida. Talvez eu saia daqui a uns 20 minutos”. A manifestação terminou e dona Íris continuou esperando a sua vez, só não se sabe até que horas.