CCASP: Polícia Federal multa oito bancos em R$ 272 mil por falhas na segurança

6


A Polícia Federal (PF) multou dia 7/5 oito bancos em R$ 272 mil por falhas na segurança de agências e postos de atendimento bancário, durante a 101ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos de Segurança Privada (CCASP), em Brasília. O Banco do Brasil foi pela terceira vez consecutiva o mais punido, com multas de R$ 97,5 mil, seguido do Bradesco com R$ 49,6 mil, da Caixa Econômica Federal com R$ 39 mil, do Itaú com R$ 31,9 mil e do Santander com R$ 25,1 mil.


A reunião foi presidida pelo diretor executivo da Polícia Federal, Rogério Galloro, que ocupa o segundo posto hierárquico da corporação, ao lado da delegada Silvana Helena Vieira Borges, titular da Coordenadoria-Geral de Controle de Segurança Privada (CGCSP). Estiveram em pauta 32 processos contra bancos e 590 contra empresas de segurança, todos por causa do descumprimento da lei federal nº 7.102/83 e das portarias da Polícia Federal.


As principais infrações cometidas pelos bancos foram equipamentos inoperantes, número insuficiente e falta de rendição de vigilantes no horário de almoço, transporte de valores por bancários, inauguração de agências sem plano de segurança e cerceamento da fiscalização de policiais federais, dentre outras. A CCASP é integrada por representantes do governo e entidades dos trabalhadores e empresários. Esta foi a segunda reunião da CCASP em 2014. A próxima foi agendada para o dia 6/8.