Centrais e aposentados definem reivindicações ao Governo

19

Após três horas de discussões, dirigentes das centrais sindicais e da COBAP definiram a pauta de reivindicações que irão apresentar brevemente ao Governo Federal, numa reunião realizada em São Paulo. Todos os 27 milhões de aposentados e pensionistas do Brasil se fizeram representados neste encontro histórico através de Warley Martins (COBAP), Luizão Epaminondas (CUT), João Inocentini (Força Sindical), Edmundo Benedetti Filho (UGT), Luiz Antonio Guardalini (CGTB), Celso Amaral de Miranda Pimenta (Nova Central), Osmar Marchese (CTB), além de Robson Bittencourt (Federação de Minas Gerais), Antonio Alves da Silva (Federação de São Paulo), José Ribeiro Vasconcellos (COBAP), entre outros.


No começo da reunião, Warley demonstrou firmeza e não admitiu a retirada da solicitação do reajuste único para todos os aposentados: “Excluir uma parte da população do crescimento econômico do País é errado. O reajuste tem que ser para todos, de forma igualitária”, disse o presidente da COBAP.


“Da mesma forma que a unidade das centrais proporcionou a conquista da política da valorização permanente do salário mínimo, temos certeza que juntos conseguiremos avançar para melhorar as condições dos trabalhadores aposentados”, disse Epaminondas da CUT. O encontro formalizou a aliança política das principais entidades do Brasil, demonstrando um profundo amadurecimento de suas lideranças. A aliança firmada ontem abre caminhos esperançosos para futuras lutas e conquistas conjuntas.


No final da reunião, para selar o pacto, um documento foi constituído, sendo assinado pelos dirigentes e remetido imediatamente ao Presidente da República e ao ministro da Previdência Social. Foi solicitada uma audiência dos sindicalistas com o Governo, onde serão tratadas as 12 questões elencadas e também o percentual de reajuste dos aposentados para 2011.

VEJA AS 12 REIVINDICAÇÕES CONJUNTAS:


1) Reajuste igual e linear para os aposentados e pensionistas do INSS, conforme aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias


2) Fim do Fator Previdenciário


3) Aprovado do projeto de lei 4434/08


4) Manutenção da política de recuperação do salário mínimo atpe 2023


5) Contra a reforma da Previdência que venha a retirar direitos adquiridos


6) Restabelecimento do Conselho Nacional de Seguridade Social (com poderes deliberativos e quadripartite)


7) Fim da DRU


8) Isenção do Imposto de Renda aos aposentados que recebem até o teto


9) Que os recursos da Previdência sejam oriundos do faturamento e não da folha de pagamento (além das fontes de recursos atuais, previstas na Constituição)


10) Manter e ampliar a lista de remédios gratuitos de uso contínuo


11) Criação da Secretaria Interministerial de Assuntos Relacionados ao Idoso, Aposentado e Pensionista


12) Garantir um sistema de Previdência Social Pública Universal e a criação da Previdência Complementar