Central convoca mobilização por menos juros e mais desenvolvimento

15

Reunida em São Paulo, a executiva nacional da CUT iniciou na terça-feira, dia 10/6, o debate para definir as principais linhas de ação do período. Pela proximidade da data, o 19/6, Dia Nacional de Luta por “menos juros, mais desenvolvimento” ganhou destaque na pauta, havendo uma unanimidade de toda a direção quanto à necessidade da mais ampla mobilização.


Na avaliação de Quintino Severo, secretário geral da CUT nacional, “da mesma forma que a campanha pela redução da jornada sem redução de salário, a manifestação em frente ao Banco Central (dia 19/6, em Brasília) necessita do envolvimento do conjunto dos sindicatos e ramos, para que a nossa mensagem contra os juros altos e o superávit primário elevado chegue até a sociedade e se converta em elemento de pressão por mudanças nesta política”.


Entre outros pontos de pauta cutista, a reunião debateu a continuidade da campanha pela redução da jornada para 40 horas semanais, a mobilização contra o fator previdenciário, a luta contra a precarização e limites à terceirização. A manifestação é uma ação conjunta com a Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS).