Centro Dragão do Mar apresenta Exposição Comida Ceará

33

Diante da ideia de que a comida assume um papel significativo e complexo dentro da cultura de um povo, o Memorial da Cultura Cearense (MCC), do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, apresenta até o dia 19/2 a exposição Comida Ceará, que reúne uma série de fotografias feitas pelos irmãos José Albano e Maurício Albano, divididas entre painéis, televisores e projetores.


A exposição, com curadoria do antropólogo e museólogo Raul Lody, torna público parte do acervo das pesquisas realizadas desde 2008 pelo MCC em torno do Projeto Comida Ceará, que busca compreender os diversos aspectos da cultura cearense a partir da comida. A pesquisa do projeto já visitou 48 municípios do Estado e é composto por 16.404 fotos e 367 entrevistas, entre outros registros.


Comida Ceará busca aproximar o público da riqueza da gastronomia cearense com sua diversidade de pratos e técnicas. Em destaque, o disseminado “baião-de-dois”, onipresente pelo Ceará afora, e a técnica muito comum entre os cearenses de embalar comidas em folhas. Além disso, trabalha com a sabedoria dos personagens que contribuíram ao longo da pesquisa, por meio de frases em vários de seus espaços.


Segundo a diretoria dos museus do Centro Dragão do Mar e coordenadora da pesquisa, Valéria Laena, a exposição é apenas um aperitivo do Projeto Comida Ceará, que pretende investigar a identidade do Ceará por meio dos sujeitos sociais, lugares, saberes e práticas da alimentação. O Memorial pretende realizar, no futuro, uma exposição de longa duração com o rico acervo adquirido nas pesquisas.

SERVIÇO:

Exposição Comida Ceará
, na sala 01 do Memorial da Cultura Cearense (MCC) do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, até 19/2. Para mais informações acesse:

www.dragaodomar.org.br.
Horário de funcionamento: de terça a quinta, das 9h às 19h (acesso até 18h30) e de sexta a domingo, das 14h às 21h (com acesso até as 20h30). Telefone: (85) 3488 8611.