Chapa 1, apoiada pelo Sindicato, vence eleição na Cassi, no Ceará, com 1.043 votos

6


A Chapa 1 – Todos pela Cassi, apoiada pelo Sindicato dos Bancários do Ceará, venceu a eleição para a renovação de parte da diretoria executiva e dos conselhos deliberativo e fiscal da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil. Encabeçada por William Mendes, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB e diretor da Contraf-CUT, a Chapa 1 obteve no Ceará 1.043 votos.


Em todo o Brasil, a Chapa 1 obteve 31.545 votos (37,58%), contra 25.746 (30,67%) da Chapa 3, 14.041 (16,72%) da Chapa 4 e 12.603 (15,01%) da Chapa 2.


No Ceará, entre os bancários da ativa, a Chapa 1 obteve 714 votos; a Chapa 2 obteve 354 votos; Chapa 3, 669; e Chapa 4, 118; sendo 205 brancos e 210 nulos. Entre os aposentados, no Ceará, a votação foi a seguinte: Chapa 1 obteve 329 votos; Chapa 2, 28; Chapa 3, 194; e Chapa 4, 88; sendo 30 brancos e 26 nulos.


Ao todo, na eleição da Cassi no Ceará, foram obtidos 1.043 votos pela Chapa 1; 382 votos pela Chapa 2; 863 votos pela Chapa 3; 206 pela Chapa 4, sendo 235 brancos e 236 nulos.


A eleição começou no dia 9 de abril e terminou na terça-feira, dia 22. A posse dos dirigentes eleitos será no dia 2 de junho.


Segundo José Eduardo Marinho, diretor do Sindicato, “essa vitória é importante pela construção da unidade entre entidades de classe, associações e sindicatos da CUT, que fizeram com que as propostas fossem difundidas entre a base, que fossem debatidas com a base de Norte a Sul do País”.


A direção da Caixa de Assistência é compartilhada. O BB indica o presidente, o diretor de administração e finanças, quatro dos oito conselheiros deliberativos e três dos seis conselheiros fiscais. Os associados elegem o diretor de Saúde e Rede de Atendimento, o diretor de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes e a metade dos conselhos deliberativo e fiscal.