Chapa 1 é a que melhor representa o funcionalismo

26

De 17 a 26/4 acontece a eleição para a assembléia de representantes e Conselho Fiscal da Cassi O Sindicato dos Bancários deliberou apoio a Chapa 1 – Sempre Cassi que tem como destaque o diretor estadual da ANABB e membro do Conselho de Usuários da Cassi/CE, Henrique Ellery.

O BB indica dois diretores e dois membros do Conselho Deliberativo, mas apesar de compartilhar a gestão na Cassi, o banco recolhe somente 3% sobre a folha de pagamento dos funcionários admitidos após 1998, quando o estatuto prevê 4,5%; não assume responsabilidade com os dependentes indiretos; não recolheu contribuições sobre os abonos salariais (práticas originadas ainda no governo FHC) e deixou a Cassi caminhar para uma grave crise financeira.

Já os funcionários elegem dois diretores. Um deles, o diretor de Produtos e Atendimento aos Clientes, responsável diretamente pelo atendimento aos usuá-rios, pela regulação do acesso aos serviços médicos, pela central de pagamentos. Quem atende por esta diretoria há seis anos é um dos principais construtores da Chapa 3 Cassi Merece Respeito, Antonio Diniz (apoiado pela ANABB nacional), sem conseguir viabilizar o atendimento em muitas cidades, entre outras questões.

O principal componente da Chapa 1, é um dos gerentes da Caixa de Assistência, profundo conhecedor da entidade e especialista em saúde. Sandro Sedrez foi pioneiro na implantação da Estratégia de Saúde da Família (ESF) em Curitiba. Tem como projeto o atendimento integral à saúde do associado, a melhoria na relação da Cassi com seus usuários.