Clientes reclamam de mau atendimento e do preço das tarifas dos bancos

65

O péssimo atendimento e as tarifas cobradas foram os itens mais reclamados pelos consumidores bancários no mês de outubro, de acordo com o “Ranking de Instituições mais Reclamadas” entre os bancos com mais de um milhão de clientes do Banco Central.

No décimo mês do ano a liderança do ranking ficou novamente com o Santander Banespa, cujo índice de reclamações foi de 5,41 a cada 100 mil pessoas.

Na seqüência vieram o ABN/Real, o Unibanco, o Itaú e a Nossa Caixa. Na tabela abaixo, é possível verificar o índice de reclamações atual e do mês ante-rior para os 5 primeiros colocados e a principal reclamação.

Analisando os dados, pode-se observar que dois bancos (Unibanco e Nossa Caixa) apresentaram queda no índice de reclamações entre setembro e outubro. Já os outros três tiveram aumento no índice de reclamações.

Apesar de funcionar como regulador da indústria, o Banco Central não tem autoridade para punir os bancos que lideram o ranking de reclamações.

Desta forma, no caso de ocorrências mais graves, o BC apenas abre um processo administrativo contra os bancos, procedimento que dura cerca de seis meses. Uma das principais causas do péssimo atendimento é o número insuficiente de bancários.