COE negocia PCR com o banco dia 23/11

19

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú irá se reunir na próxima quinta-feira, dia 23/11, com a representação do banco onde o principal ponto de pauta será a reabertura do processo negocial da Participação Complementar nos Resultados (PCR).

Na ocasião, a principal reivindicação do funcionalismo será exigir do banco uma maior participação, ou seja, mais dinheiro no bolso dos funcionários.

Para Ribamar Pacheco, representante do Nordeste na COE/Itaú, “a expectativa sobre essa negociação é que o banco vá à mesa de forma a reconhecer o esforço e a dedicação daqueles que são os verdadeiros responsáveis pela alta lucratividade alcan-çada pelo banco nos últimos anos, no caso os seus funcionários”, concluiu.

Plano de Saúde – Em negociação ocorrida dia 14/11, entre o Comitê de Saúde, que representa os funcionários, e a representação do banco, a empresa apresentou uma proposta em que tenta reajustar os valores do plano que vai de um percentual mínimo de 3,5% a 14,67% para os funcionários da ativa. Durante a reunião, o Comitê de Saúde refutou o aumento e exigiu por parte do banco maiores explicações e detalhamentos sobre esta proposta. Ficou acordado que na próxima reunião, ainda sem data prevista, o banco irá se pronunciar sobre as reivindicações.