Colegas denunciam assédio moral em área que deve ser exemplo no BNB

25


Vários colegas que trabalham ou trabalharam em área criada pelo BNB para ser espelho de uma administração participativa e transparente denunciam ao Sindicato dos Bancários do Ceará a prática abusiva de assédio moral pelo gestor principal da Unidade.


As universidades e escolas são tratadas legalmente como espaços de livre manifestação de pensamentos, onde outros segmentos da sociedade vão sorver exemplos de cidadania. Não é o que está ocorrendo na área do BNB que mais deveria se identificar com esses preceitos.


As denúncias abarcam desde o constrangimento pelo questionamento público da competência de trabalhadores, passando por tratamento ríspido e agressivo com os colaboradores. A consequência disso, segundo os denunciantes, é uma total desmotivação dos que trabalham na área, levando à perda de talentos e esvaziamento da Unidade.