Comando aprova consulta aos bancários e encaminha Campanha Nacional

14


O Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, reuniu-se na quinta-feira, 9/5, em São Paulo, para discutir os próximos passos da Campanha 2013, incluindo a consulta que será feita à categoria e os preparativos da 15ª Conferência Nacional. Dentre outros temas, debateu também a mobilização no Banco do Brasil contra as práticas antissindicais do BB.


O Comando, que na reunião do dia 26 de abril havia decidido fazer uma consulta nacional em todas as bases sindicais, aprovou o questionário unificado que será submetido aos bancários para conhecer suas reivindicações e preocupações.


“Queremos ouvir novamente a opinião de cada bancário no seu local de trabalho, reafirmando o processo democrático e participativo, a fim de subsidiar os debates nas conferências estaduais e regionais e a própria 15ª Conferência Nacional, que está marcada para os dias 19, 20 e 21 de julho, em São Paulo”, destaca Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e coordenador do Comando Nacional dos Bancários.


O resultado da consulta servirá de subsídio para as conferências regionais e para a Conferência Nacional. Cinco grandes temas prioritários foram definidos pelo Comando para a Campanha 2013: 1) emprego; 2) reestruturação produtiva dos bancos; 3) remuneração 4) condições de trabalho e  5) estratégia de campanha, de negociação e de mobilização.


Banco do Brasil – O Comando Nacional fez ainda uma avaliação do dia nacional de luta no BB no dia 30 de abril, com paralisações em todo o País, contra a implementação unilateral do plano de funções comissionadas e a política antissindical da direção do Banco do Brasil. “O BB é hoje o banco que tem a mais clara estratégia antissindical de todo o sistema financeiro nacional. Precisamos intensificar a mobilização para defender os direitos do funcionalismo”, afirma William Mendes, secretário de Formação da Contraf-CUT e coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB. O Comando orientou os sindicatos a aprofundarem a discussão sobre a mobilização no Banco do Brasil e levarem propostas para o 14º Congresso Nacional dos Funcionários do BB, que será realizado de 17 a 19/5, em São Paulo.


Caixa Econômica Federal – O Comando Nacional decidiu orientar os sindicatos a convocarem assembleias em todas as bases e defenderem a aprovação da proposta apresentada pela Caixa Econômica Federal para a carreira de seus profissionais advogados, engenheiros, arquitetos e médicos. “A proposta apresentada para carreira profissional contempla diversos itens pendentes desde 2006 e ajuda na unificação a partir de agora, além de incorporar em sua tabela item importante de Adicional por Tempo de Serviço”, afirma Jair Pedro Ferreira, coordenador da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa.