Comando Nacional define os passos da Campanha Salarial 2010

15

Em reunião realizada na quinta-feira, dia 20/5, em São Paulo, o Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, deu a largada à preparação da Campanha Nacional 2010, com a definição do temário e do calendário de organização e a convocação da 12ª Conferência Nacional dos Bancários, que será realizada nos dias 23, 24 e 25/7, no Rio de Janeiro.


“Estamos começando a Campanha Nacional de uma forma muito positiva, preservando a unidade dos últimos anos, uma das principais razões das conquistas econômicas e sociais da categoria”, diz Carlos Cordeiro, presidente da Contra-CUT, reafirmando o chamamento para que todas as centrais sindicais se incorporem ao Comando Nacional.

OS EIXOS DA CAMPANHA NACIONAL – O Comando Nacional definiu quatro grandes temas para a campanha deste ano: remuneração, emprego, saúde do trabalhador e segurança bancária e o sistema financeiro.


As discussões de todos esses temas incluirão as reivindicações sobre igualdade de oportunidades em todas as vertentes de gênero, raça, orientação sexual e pessoas com deficiência. Muitas dessas desigualdades e preconceitos foram confirmadas pela pesquisa nacional realizada em 2008 pela Fenaban, com o apoio dos sindicatos e do Ministério Público do Trabalho, através do Mapa da Diversidade.


A discussão sobre o papel do Sistema Financeiro Nacional é a novidade. Essa é uma antiga preocupação da categoria, que ganha ainda mais relevância após a crise econômica mundial de 2008 deflagrada pela ausência de regulação do sistema financeiro. É um tema que também precisa ser discutido pelos bancários e por toda a sociedade nas eleições presidenciais deste ano, que definirão os rumos do País.


“Esse é um momento primordial para definirmos os rumos da nossa campanha salarial deste ano. A discussão desses eixos será de suma importância para a definição das reivindicações que serão nossas bandeiras de luta durante a campanha, nas ruas e nas mesas de negociação com os banqueiros”, afirma Carlos Eduardo, presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará. E ele completa: “queremos estimular, desde já, a participação de cada bancário na definição dos rumos da campanha a partir da sua participação na consulta que a Contraf disponibilizou para os sindicatos. É um processo que tem grande influência nos debates, pois é indispensável ouvir a vontade da categoria em cada local de trabalho para organizar o movimento”.


A consulta nacional está disponível no site do Sindicato: www.bancariosce.org.br.

12ª CONFERÊNCIA NACIONAL – O Comando marcou a 12ª Conferência Nacional dos Bancários para os dias 23, 24 e 25/7, no Rio de Janeiro, que será precedida pelas conferências regionais em todo o País. A escolha do local é em homenagem ao Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro, que está completando 80 anos de fundação.


A 12ª Conferência, que definirá a estratégia e a minuta de reivindicações da Campanha Nacional deste ano, apresentará uma novidade em relação aos debates em grupos.


Diferente dos anos anteriores haverá palestras dos especialistas convidados, em plenário, sobre os quatro grandes temas no primeiro dia da conferência, para que todos os delegados possam participar. E no segundo dia as discussões serão aprofundadas nas reuniões de quatro grupos, tendo como subsídios as resoluções das conferências regionais e os resultados da consulta aos bancários.

CALENDÁRIO DA CAMPANHA NACIONAL – O Comando definiu os primeiros passos da Campanha Nacional, como a realização de uma consulta aos bancários em todo o País, a fim de conhecer os anseios e as prioridades da categoria. A consulta subsidiará os debates nas conferências regionais, cujas resoluções serão encaminhadas para a deliberação da 12ª Conferência Nacional.