Comissão de Empresa garante pagamento da PCR em 2007

20

Na última quinta-feira, dia 15/3, a Comissão de Empresa reunida com a representação do banco teve como objetivo a continuidade do processo de negociação permanente, onde estão em debate questões específicas relacionadas aos funcionários do Itaú. Na ocasião, a Comissão de Empresa conseguiu assegurar junto ao banco o pagamento da Participação Complementar nos Resultados (PCR) referente ao exercido do ano de 2007. Os parâmetros e indicadores serão debatidos na próxima negociação, que irá ocorrer no dia 30/3, em São Paulo.

Além desse ponto da PCR, foram discutidos com o banco outros assuntos que compõem a pauta de reivindicações entregue pela Comissão de Empresa ao banco, tipo: programa AGIR, plano de Saúde/Odontológico, planos de previdência complementar, auxílio educação, enquadramento sindical, realinhamento salarial, contrações de novos bancários, 14º salário e segurança bancária.

Conforme acordo entre a representação dos funcionários e a representação do banco, foi estabelecido um cronograma de negociação, onde irão ser priorizados cada item desses alencados.

Para o Ribamar Pacheco, diretor do SEEB/CE e representante da FETEC/NE na Comissão de Empresa do Itaú, presente à reunião, esta negociação ficou marcada pela garantia da conquista dos funcionários do banco, quanto ao pagamento da PCR/2007, pois esta conquista até então é específica dos funcionários do Itaú. “Nas próximas negociações iremos fazer frente ao banco Itaú para avançarmos na busca de novas conquistas”, completou.