Comissão do Ramo Financeiro faz reunião preparativa ao Encontro Nacional

26

Sob a coordenação da Contraf-CUT, esteve reunida pela primeira vez no dia 12/7, em São Paulo, a Comissão Nacional do Ramo Financeiro, cuja pauta visou extrair mais subsídios dos representantes de cada Federação presente para possibilitar um melhor debate sobre o tema no Encontro Nacional, que irá ocorrer no dia 27/7, em São Paulo, durante a realização da Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro.

Neste fórum, foi detectada uma debilidade quanto à organização dos trabalhadores que compõem este ramo, em torno de 1 milhão, onde contemplam as seguintes categorias: terceirizados, mercados de capitais, financeiras, promotores de vendas, cooperativas e outros.

Com a criação da Contraf, onde na sua abrangência estatutária contempla a inclusão destes trabalhadores, os bancários terão que ter participação efetiva quanto à organização e mobilização desses inúmeros trabalhadores, que estão soltos dentro das unidades bancárias e que têm enorme precarização em relação às suas contratações, pois sequer em algumas dessas categorias existe data base.

Para o presidente da Fetec/NE, Ribamar Pacheco, que esteve nessa reunião, “nosso desafio quanto à organização e mobilização destes trabalhadores é uma responsabilidade que temos que abraçar daqui pra frente. Pois o enquadramento dos mesmos dentro do ramo se dará pelo trabalho que o mesmo executa dentro das unidades bancárias e não por artifício até então feito pelas empresas que os contratam”.