Comissão Nacional conquista ponto eletrônico para os funcionários

19

Nas reuniões realizadas entre a Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT) e a Superintendência de Desenvolvimento Humano do banco, a cobrança pela implantação do ponto eletrônico em todas as unidades do banco era uma constante. Diante da cobrança, o sistema foi implantado em todas as unidades no dia 16/6. No entanto, a princípio funcionará paralelamente à folha de ponto individual. O sistema é composto por três fases e está em processo de adaptação junto aos funcionários do Banco do Nordeste nesta primeira fase.


A segunda fase começará no início do mês de julho, quando os gestores serão orientados a resolver as pendências que existirem no ponto dos funcionários. A terceira e última fase deve iniciar no início de agosto, quando a implementação será finalizada. Um termo de ajuste foi assinado no início de junho para garantir a implantação.


“Foi um grande avanço a passagem do ponto assinado para o eletrônico, o funcionário se sente mais seguro por ser um método mais transparente”, disse o funcionário do BNB, Walmir Farias.


“Acho muito importante para ambas as partes, pois os gestores podem acompanhar o nosso trabalho e os funcionários podem cumprir sua carga horária. As futuras etapas também irão melhorar o sistema não permitindo burla em nenhuma das partes”, afirma Márcia Martins, funcionária do BNB.


A funcionária Cândida Queiroga, disse que sentiu dificuldades com a implantação do ponto eletrônico devido à lentidão do sistema, pois não queria ultrapassar o horário de trabalho.