Comissão Nacional debate pendências sobre ponto eletrônico

10

No último dia 7/8, representantes da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT) e da Superintendência de Desenvolvimento Humano do Banco estiveram reunidos para dar continuidade ao debate sobre o ponto eletrônico. Na ocasião foram discutidas pendências da primeira reunião, realizada no dia 30/7.


Um dos principais pontos discutidos foi o banco de horas. Os representantes da Comissão Nacional divergem com o Banco a respeito do apontamento negativo do banco de horas, pendência que deve voltar a ser discutida em nova reunião. Outros pontos que também ficaram para debate posterior são a distribuição das folgas e a forma de compensação das horas não trabalhadas. O Banco afirmou que aceita discutir a redação da cláusula.


A Comissão Nacional reivindicou ainda a elaboração de um acordo específico para os funcionários dos centros culturais e centrais de atendimento, já que a jornada desses trabalhadores é diferenciada. O Banco afirmou que até o dia 12/8 deve enviar à CNFBNB/Contraf-CUT uma proposta de acordo específico.


Além disso, o Banco ficou de analisar alternativas para os funcionários com jornada de 8 horas, divida em turmas de cinco e três horas, e informou que se encontram nessa situação cerca de 500 funcionários, sendo 300 locados em agências. Os casos dos técnicos de campo e de serviço externo também foram analisados durante a reunião ficando acertado que, nesses casos, os funcionários comunicarão suas especificidades ou ocorrências aos gestores que se encarregarão de regularizar a situação.


Ficou estabelecido durante a reunião que a vigência do acordo do ponto eletrônico será de um ano, contando a partir da assinatura e que a multa por descumprimento do acordo será R$ 18,98 por ocorrência, valor baseado no que diz a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria. O Banco concordou ainda com a flexibilidade para uso integral daquele funcionário que quiser converter seu banco de horas em folga, desde que o prazo final para conversão seja feito até as férias do funcionário.


A data indicativa para a próxima reunião sobre o ponto eletrônico é dia 13/8, às 15h, no Passaré.