Comissão Nacional repudia descomissionamentos imotivados

53

Às vésperas do Dia do Trabalhador, o funcionário do Banco do Nordeste do Brasil Wagner Fernandes, foi destituído da função em comissão de gerente de suporte a negócios – Pronaf, que vinha exercendo como substituto há dois anos em Quixeramobim (CE).


A destituição, segundo o banco, se deu pelo fato de Wagner ter criado uma comunidade no Orkut denominada “Novos Funcionários do BNB”, na qual foram veiculadas críticas à direção do banco. Algumas mensagens são anônimas e contêm juízos de caráter pessoal.


A Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT) e o Sindicato dos Bancários repudiam qualquer tentativa de cerceamento ou censura à opinião política responsável emitida pelos seus representados, por entender que a liberdade de expressão deve ser garantida no âmbito de toda instituição democrática que respeita os direitos de seu corpo funcional.