Comitê de Investimentos discute macroalocação e gestão de riscos

15


O Comitê de Assessoramento Técnico de Investimentos da Funcef debateu na quarta-feira (21/8), em Brasília, as premissas de retorno e de risco para a macroalocação no período 2014-2018 e também o modelo de gestão de riscos operacionais estruturado pela Fundação. As discussões se deram a partir de apresentações das diretorias de Investimentos e de Planejamento e Controladoria.


Para o coordenador do Comitê de Investimentos e diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, Marcos Saraiva (Marcão), o momento é de esforço concentrado face às adversidades geradas pela prolongada crise econômica global. “É grande o desafio de se contornar os impactos negativos nos investimentos estruturados pelos fundos de pensão, sobretudo em razão da volatilidade das ações em bolsa”, ressaltou Marcão. Para ele, para investir, no atual cenário econômico, é preciso ter muita cautela.


As análises dos cenários econômicos serão aprofundadas em seminário que está sendo organizado pela Funcef para o próximo dia 23 de setembro. O evento contará com participação dos gestores da Fundação e de outras entidades de Previdência Complementar. Os membros do Comitê de Investimento estão também entre os convidados. A próxima reunião do Comitê ocorrerá no dia seguinte ao seminário, 24 de setembro.