Comunicação unificada para entidades do Ramo Financeiro

66

Construir um projeto de comunicação da Contraf-CUT, unificada para todos Sindicatos e Federações filiados. Essa foi a proposta do 1º Encontro Nacional de Comunicação, que reuniu dezenas de diretores e assessores de imprensa do movimento sindical do Ramo Financeiro de todo o País, no Anhembi, em São Paulo, no dia 26/7. O presidente da Confederação, Vagner Freitas, destacou na abertura outro objetivo importante. “Os trabalhadores do Ramo Financeiro estão começando uma nova fase em sua história com a criação da Contraf-CUT. Nossa categoria sempre esteve à frente das principais lutas da sociedade brasileira. Agora precisamos unir esforços em busca de uma alternativa à imprensa tradicional. A mídia brasileira está concentrada nas mãos de umas poucas famílias, que detêm o monopólio da informação e transformam isto num instrumento político da elite”, destacou Vagner.

Rosane Bertotti, secretária de Imprensa da CUT Nacional, e Daniel Reis, secretário da CUT São Paulo, falaram sobre os projetos da Central para a área de comunicação. Em seguida, o jornalista Raimundo Pereira, da revista Reportagem, debateu os desafios da sociedade para a área de comunicação. Os trabalhos da manhã foram encerrados com um debate entre os jornalistas Antônio Martins (Le Monde Diplomatique), Renato Rovai (Revista Fórum), Paulo Salvador (Revista do Brasil) e Claiton José Mello (Fundação Banco do Brasil).

À tarde, os participantes do Encontro de Comunicação dividiram-se em grupos de trabalho para debater idéias e apresentar sugestões para uma política de comunicação para as entidades do Ramo Financeiro. Destacam-se a criação de veículos nacionais, mantendo as publicações locais; uma agência de notícias; um portal nacional; um conselho editorial com a participação de dirigentes e jornalistas; cursos de qualificação para assessores e a realização de novos encontros de comunicação. Pelo Sindicato dos Bancários do Ceará esteve presente ao Encontro, a assessora de Imprensa, Lucia Estrela.