Conferência Regional reforça estratégia da unidade dos bancários

36

Durante os dias 3, 4 e 5/7, em Fortaleza, a FETEC/NE realizou a IX Conferência Regional dos Bancários, onde a categoria deliberou sobre as principais reivindicações e estratégias do Nordeste para a 11ª Conferência Nacional dos Bancários, de 17 a 19/7, em São Paulo. “Essa Conferência Regional é o início de uma dura caminhada para a construção de uma campanha salarial que se inicia e a unidade da categoria é fundamental nesse processo. Unidade para avançar nas conquistas não deve ser apenas o nosso lema, mas uma bandeira de luta para todos”, afirmou o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Marcos Saraiva. A Conferência contou com a participação de 180 delegados de todo o Nordeste.


O coordenador do Dieese/CE, Reginaldo Aguiar, avaliou os resultados das negociações salariais realizadas até agora, analisando a inflação e a crise financeira mundial, que culminou em setembro de 2008. Ele abordou ainda a tendência do crescimento de trabalho nos bancos, embora se encontre alta rotatividade na troca de funcionários capacitados e sua troca por prestadores de serviço, além de fazer uma análise sobre a conjuntura econômica atual.


Durante o segundo dia do evento, Miguel Pereira, secretário de Organização da Contraf-CUT, abordou o papel dos sindicatos, a sua força de mobilização, a relação com seus associados, a luta por melhores condições de trabalho e o aumento de salários. Ele enfatizou ainda que devem ser pensadas novas estratégias para o movimento paredista: “os bancos ficam de portas fechadas, mas existem os caixas eletrônicos, as casas lotéricas entre outros serviços que podem substituir as atividades bancárias”, analisou.


Na ocasião foi lançado ainda o livro “Profissão Bancária: Identidade e Mutação”, que aborda uma pesquisa realizada pelo Sindicato dos Bancários.


No último dia, 5/7, foi realizado o lançamento da campanha da CUT Nacional pela Igualdade de Oportunidade na Vida, no Trabalho e no Movimento Sindical. Logo após foram eleitos os delegados para a Conferência Nacional: a Chapa Unidade Para Avançar nas Conquistas foi a única inscrita e o Nordeste deve levar 57 delegados e mais seis observadores.