Conferências Regionais preparam para II Conferência Estadual de Economia Solidária

10

Foi realizada na última semana, em Fortaleza, a Conferência Regional de Economia Solidária. No total, foram realizados oito eventos semelhantes em todo o Ceará com o objetivo de preparar os territórios cearenses e eleger os representantes que devem participar da II Conferência Estadual de Economia Solidária, que acontecerá em Fortaleza, nos dias 28, 29 e 30 deste mês.


De acordo com Sandra Magalhães, cerca de 350 delegados, eleitos nas rodadas territoriais, devem apresentar as demandas e necessidades de cada região na etapa estadual. A II Conferência Estadual de Economia Solidária no Ceará aborda o tema “O direito às formas de organização econômica baseadas no trabalho associado na propriedade coletiva, na cooperação e autogestão, reafirmando a economia solidária como estratégia e política de desenvolvimento”. O lema do evento é “Pelo direito de produzir e viver em cooperação de maneira sustentável”.


Nas conferências regionais é prioritário que se faça um balanço sobre a situação da Economia Solidária no Estado. “Esse balanço é muito importante para identificar onde tem mais ação do poder público, onde tem mais participação da sociedade civil, e fortalecer a Rede Cearense de Sócioeconomia Solidária”, declarou Sandra.


Um segundo ponto a ser abordado é a criação do marco legal, ou seja, a aprovação de leis municipais ou estaduais que legalizam a atividade econômica solidária com investimento no setor.


É obrigatório que todas as conferências estaduais seja rea-lizadas antes da II Conferência Nacional de Economia Solidária, que acontecerá em Brasília, nos dias 16, 17 e 18 de junho, obedecendo resolução do Conselho Nacional de Economia Solidária. A ideia é fazer um balanço sobre os avanços, desafios e limites desta economia de base popular em todo o País.