CONFIRMADA A CRIAÇÃO DA SECRETARIA DE PRIVATIZAÇÕES NO GOVERNO BOLSONARO

42


O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou dia 20/11 que o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), terá uma Secretaria de Privatizações para acelerar o programa de venda de ativos brasileiros. Segundo informações apuradas pela agência de notícias Reuters, a nova estrutura será vinculada diretamente à superpasta da Economia que Guedes vai comandar a partir de janeiro.


Desde a campanha eleitoral, o guru econômico de Bolsonaro tem defendido a privatização de estatais e outros órgãos da burocracia como forma de fazer caixa a fim de reduzir o endividamento público do país – ele chegou a declarar, em entrevista, que há cerca de R$ 1 trilhão em ativos a serem privatizados. A intenção de se criar esse órgão seria colocar a política de venda de ativos no centro das decisões do governo, sinalizando essa ação como uma das prioridades da futura gestão.