Contraf-CUT apoia a Chapa 1 – Convicção e Experiência para a Fundação Itaú-Unibanco

44


A Fundação Itaú-Unibanco, que abriga os diversos planos de previdência complementar da instituição financeira, realiza eleições, entre 19 e 27/7, para representantes dos conselhos Deliberativo, Fiscal e para os comitês dos respectivos fundos de pensão. Podem votar todos os participantes dos fundos de previdência fechados, ativos, assistidos, autopatrocinados e optantes pelo BPD (Benefício Proporcional Diferido). A votação será via site da entidade ou por telefone, com a senha que será enviada aos participantes pelo correio.


Diante da importância de que sejam eleitos candidatos comprometidos com os interesses dos participantes, a Contraf-CUT apoia a Chapa 1 – Convicção e Experiência no pleito. O diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, Ribamar Pacheco, é candidato ao Conselho Fiscal.


“A Chapa 1 tem uma representatividade nacional ampla. Ela foi formada com o objetivo de discutir com a Fundação um novo plano para agregar cerca de 40 mil trabalhadores, que atualmente não possuem nenhum fundo de pensão”, explicou Jair Alves, coordenador da COE do Itaú-Unibanco.


A atuação da Contraf-CUT junto com os sindicatos e os representantes eleitos para conselhos e comitês foi fundamental, por exemplo, para a distribuição do excedente de 721 milhões, um incremento superior a 11% na reserva de mais de 21.000 participantes do Itaubanco CD. Também foi essencial para que participantes do Plano PAC conquistassem a possibilidade de alterar o indexador de TR para IPCA, reivindicação antiga dos assistidos que significa ganho nos saldos dos mesmos.


Portanto, é fundamental a participação de todos na eleição, votando em candidatos de fato comprometidos com os interesses dos assistidos. Por estas e outras conquistas, a Contraf-CUT apoia a Chapa 1.