Contraf-CUT/CNFBNB assinam com o Banco Termo de Ajuste Preliminar

18

Contraf -CUT/Comissão Nacional dos Funcionários do BNB e a direção do Banco assinaram, na quarta-feira, 11/11, termo de ajuste preliminar referente ao acordo coletivo de 2009/2010. O termo garante ao funcionalismo o cumprimento dos direitos conquistados na última campanha salarial, que já foram implementados.

MESA PERMANENTE – Na tarde do mesmo dia, 11/11, reunidos em mesa permanente, representantes da Comissão Nacional e a Superintendente de Desenvolvimento Humano do Banco, Eliane Brasil, acertaram que, se chegar o dia 15/12 e ainda houver horas para compensar, o Banco vai abrir negociação com o funcionalismo e continuar a compensação dos dias de greve. Ou seja, os funcionários do Ceará que fizeram greve podem compensar os dias parados mesmo fora do prazo. O Sindicato dos Bancários do Ceará já estuda medidas, inclusive jurídicas, para que não haja prejuízo para os funcionários.


Sobre o débito referente ao empréstimo de férias, o Banco informou que o benefício será prorrogado até janeiro de 2010 para todos os funcionários. A superintendente Eliane Brasil informou ainda que não tem novidades em relação à extensão da licença-prêmio e que estará em Brasília esta semana negociando a finalização do Plano CV com a Secretaria de Previdência Complementar (SPC) e a Secretaria do Tesouro Nacional (STN). A próxima reunião de negociação foi agendada para o dia 20/11.

DESCONTO ASSISTENCIAL – No caso dos funcionários do BNB, o desconto assistencial só será cobrado após a assinatura do acordo salarial 2009/2010 com o Banco. Da mesma forma que os demais bancários, o prazo para se opor será de 10 dias úteis após a assinatura do acordo. O Sindicato informa aos funcionários do BNB que aguardem a divulgação do período para se opor ao desconto, que será veiculado no Tribuna Bancária, com a devida antecedência. Assim, o Sindicato não está autorizado a receber nenhum documento dessa natureza, no momento.