Contraf-CUT cobra e Caixa regulariza interligação dos sistemas com Sipon

41

A Caixa Econômica Federal informou à Contraf-CUT no dia 4/3, que regularizou a situação da interligação (reloginho) do Sistema de Ponto Eletrônico (Sipon) com os demais sistemas utilizados pelos bancários. A interligação foi uma conquista dos empregados na mesa permanente de negociação para combater irregularidades no ponto eletrônico. “Essas irregularidades foram sentidas em várias agências, com prejuízo para os trabalhadores”, disse Marcos Saraiva, diretor do SEEB/CE.


Antes, era possível que um bancário que não estivesse logado no Sipon entrasse no sistema e continuasse trabalhado, sem que isso contasse como hora trabalhada. Após a interligação foi criado um mecanismo que permite a entrada no sistema sem login no Sipon apenas por 5 minutos, protegendo o bancário.


Outro problema surgiu com o processo de avaliação por mérito. A questão é que os trabalhadores que estavam de férias no período tinham a possibilidade de participar do processo, mas para isso precisavam estar logados – o que era impossível, uma vez que o login do empregado fica suspenso durante suas férias. Para resolver o problema, foi criada uma exceção para os bancários nessa situação, porém, segundo informações da Caixa, isso só seria possível com a retirada do mecanismo de interligação.


No próximo dia 25/3 haverá uma nova reunião da comissão criada na última Campanha Nacional dos Bancários para debater melhorias no Sipon.