Contraf-CUT e Fenacrefi assinam Acordo Coletivo

59

A Contraf-CUT e a Fenacrefi, federação patronal, assinaram na segunda-feira, dia 27/11, o Acordo Coletivo dos financiários. Com o fechamento do Acordo, a categoria terá o mesmo reajuste dos bancários: 3,5%. A PLR é de 80% do salário mais uma parte fixa de R$ 1.000, com teto de R$ 5.600. O valor fixo não será descontado dos programas próprios e a metade (R$ 500) será paga em até 15 dias.

“A Campanha foi vitoriosa, conseguimos aumento real de salários, com reajuste acima da inflação e melhoramos a parte fixa da PLR dos financiários em 67% na comparação com o valor do ano passado. Era de R$ 600, passou para R$ 1000 e não será descontada dos programas próprios”, analisa o diretor-executivo da Contraf-CUT, Sergio Siqueira.

O diretor do Sindicato dos Bancários, Eugênio Silva, ressalta que as diferenças salariais serão depositadas na folha de pagamento de dezembro. “Vale lembrar que a data-base dos financiários é em 1º de junho, portanto as diferenças salariais serão retroativas”, detalhou.

Eugênio enfatiza ainda a necessidade dos financiários procurarem unir-se aos sindicatos de bancários em todo o país. “A categoria já teve uma grande vitória com a criação da Contraf, que representa oficialmente bancários e financiários. Mas é preciso que os próprios empregados de financeiras procurem os sindicatos para garantir seus direitos”, conclama.

Desconto Assistencial – O desconto assistencial dos financiários da BV Financeira será de 1% a ser efetivado no mês de janeiro de 2007. A proposta de acordo foi aprovada, em assembléia realizada pelos funcionários no último dia 24/11. O prazo para opor-se ao desconto vai até o próximo dia 11/12 (dez dias úteis após a assinatura do acordo, dia 27/11). Quem quiser fazer oposição deve entregar pessoalmente ofício à tesouraria do Sindicato dos Bancários (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro), no horário de 9h às 15h, de segunda a sexta.