Contraf-CUT retoma negociação com BB para rever regulamento do Plano 1

21

A Contraf-CUT, representantes da Anabb e das associações de aposentados representativas do funcionalismo do Banco do Brasil retomaram, na segunda-feira (4/4), as negociações com os representantes do Banco do Brasil para revisão do regulamento do Plano 1 da Previ. A reunião contou com a presença de José Ricardo Sasseron, Vitor Paulo e Paulo Assunção, diretores eleitos da Previ, e de Mirian Fochi e William Bento, conselheiros deliberativos eleitos.


A realização da negociação atendeu ao compromisso assumido pelo Banco do Brasil durante o ato de fechamento do acordo sobre a destinação do superávit da Previ, no dia 24 de novembro de 2010.


“Conforme o que estabelece o teor do acordo do superávit 2010, no prazo de seis meses haverá um realinhamento do plano com a negociação de um novo regulamento. Abre-se aí a oportunidade para correção de distorções ainda existentes e que há muito tempo é reivindicada pelos participantes e assistidos”, disse o diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, Plauto Macedo.


Uma nova reunião ficou agendada para o dia 4/5, quando a negociação terá continuidade. O Banco do Brasil se comprometeu a trazer respostas para pelo menos parte das demandas dos bancários.


Os bancários apresentaram de forma detalhada os pontos da pauta de reivindicações encaminhada ao banco em correspondência no dia 11 de março. São eles:


1) Melhorias no modelo de gestão e governança:


a. fim do voto de minerva,


b. recuperação dos direitos do Corpo Social (aprovação de revisão

estatutária e de regulamento pelos associados),


c. eleição do Diretor de Participações,


d. implantação de diretorias de planos.


2) Revisão do valor das pensões,


3) Aumento do teto de benefícios para 100%,


4) Nova redução da Parcela Previ,


5) Benefício 360/360,


6) Aumento definitivo do benefício mínimo.


7) Benefício antecipado para as mulheres aos 45 anos,


8) Abono anual para aposentados,


9) Resgate das contribuições patronais para os pedevistas,


10) Antecipação do reajuste de benefícios para janeiro,


11) Reajuste de benefícios Previ no mesmo período do reajuste INSS, e


12) Outras melhorias de interesse dos associados.