Contraf e sindicatos cobram e bancos antecipam pagamento da PLR

42


Pela CCT 2016/2018, os bancos têm até o dia 30 de setembro para creditar a antecipação da PLR. Porém, atendendo à solicitação da Contraf-CUT e dos sindicatos, os bancos estão antecipando o pagamento da primeira parcela, que terá reajuste de 2,75%, na comparação com 2016. A segunda parcela da PLR deve ser paga em março de 2018.


O pagamento da antecipação da PLR é composto por uma regra básica e uma parcela adicional. A regra básica é calculada sobre o salário do bancário (54% do salário) reajustado de acordo com a CCT. É acrescido um valor fixo, que também é reajustado pelo índice geral, o que corresponde a mais R$ 1.346,15 e adicional de R$ 2.243,58. Isso vale para bancos públicos e privados.


O Bradesco e o Banco do Nordeste (BNB) creditaram o pagamento na última sexta-feira, dia 15/9. O Santander credita no dia 20 e o Safra anunciou o pagamento para o dia 25.  Os funcionários do Banco do Brasil já haviam recebido dia 31/8 a parcela da PLR.


No caso do Itaú, o pagamento será no dia 22, quando também será pago o Programa Complementar de Resultados (PCR) com valor reajustado de R$ 2.535,87. O reajuste dos vales será feito no dia 27.


“Desde 2013, os bancários do Itaú fecham acordo de PCR, sendo essa uma grande conquista específica para os funcionários do banco e foi fruto de muita mobilização. Nossa luta continua em defesa dos direitos conquistados pelos trabalhadores!”
Ribamar Pacheco, diretor do Sindicato e representante da Fetrafi/NE na COE/Itaú