Contraf pede antecipação da PLR e reivindica nova negociação para o dia 21/3

16

A Contraf-CUT/CNFBNB encaminhou ao presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) um oficio requerendo a antecipação da PLR dos funcionários do banco. A Contraf-CUT/CNFBNB vai encaminhar ainda ao banco o indicativo de nova reunião para o próximo dia 21/3.

A negociação entre a Comissão Nacional (CNFBNB/Contraf-CUT) e a Superintendência de Desenvolvimento Humano (SDH), que estava marcada para o dia 7/3, foi adiada pela direção do banco. O motivo foi a presença de um dos representantes dos funcionários não aceito pelo banco.

A Contraf-CUT/CNFBNB não aceitou o veto e o banco optou por suspender a negociação. A reunião que foi adiada iria discutir temas como Acordo 2006/2007, a antecipação da PLR, Plano de Funções e Promoções.

Demitidos – O senador Inácio Arruda e o deputado federal Chico Lopes (PCdoB/CE) apresentaram projetos de lei no Senado e na Câmara Federal pedindo a reintegração dos funcionários demitidos do BNB no período compreendido entre março/95 e fevereiro/03, dispensados sem justa causa ou coagidos a pedir demissão pela gestão do banco, comandada por Byron Queiroz.

Diferente dos outros bancos federais, que tiveram planos de demissão voluntária (PDV), no BNB o que ocorreu foi uma deliberada perseguição a funcionários que foram sumariamente demitidos e lançados à própria sorte, sem nenhuma compensação financeira.

Os projetos de lei nasceram de intensas mobilizações dos funcionários demitidos que tomaram diversas iniciativas junto a parlamentares e a sociedade em geral.