CUT-CE e centrais fazem passeata pelas ruas de Fortaleza

41

O Dia Nacional de Lutas e Mobilizações da CUT-CE em conjunto com as demais centrais sindicais do Estado mobilizou trabalhadores durante toda a tarde de quarta-feira, 28/5, numa concentração na Praça da Bandeira, seguindo em passeata pelas ruas do Centro até a Praça do Ferreira, quando aconteceu ato público. A mobilização ocorreu em defesa da redução da jornada sem redução de salários, da ratificação das convenções 151 e 158 da OIT.


A partir das 15h, os trabalhadores já estavam concentrados na Praça da Bandeira. Na caminhada em direção à Praça do Ferreira, os manifestantes atravessaram o Centro da Capital, com os dirigentes da CUT e das demais centrais se pronunciando e esclarecendo à população sobre os benefícios que a redução da jornada de trabalho traz aos trabalhadores, à produtividade e à economia do País.


Francisco Jerônimo do Nascimento, presidente da CUT-CE, acredita que a redução da jornada sem redução de salários é um importante instrumento para a criação de empregos, para a distribuição de renda e para melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores brasileiros. Além disso, a redução da jornada diminuirá os acidentes e doenças do trabalho e proporcionará aos trabalhadores mais tempo para a qualificação profissional.


Nos dias que antecederam, o Dia Nacional de Lutas, a CUT-CE realizou panfletagem em várias pontos de Fortaleza, a fim de conscientizar e mobilizar a população a respeito dos motivos de defender a redução da jornada de trabalho. O objetivo foi mostrar que a redução da jornada, além de representar a geração de novos empregos, reflete diretamente na saúde dos trabalhadores, em razão de diminuir a carga de trabalho e o tempo de exposição aos fatores de riscos.


A Central Única dos Trabalhadores (CUT-CE), através da Secretaria de Política Sindical, enviou a Brasília as assinaturas do abaixo – assinado, da Campanha Nacional Pela Redução da Jornada de Trabalho, sendo arrecadados mais de 44.815 (quarenta e quatro mil oitocentos e quinze) em todo o Estado.