Definidas as reivindicações específicas de cada banco

15

Após a definição da estratégia de campanha unificada aprovada no dia 29/7, com a manutenção da mesa de negociações específicas, os delegados da 9ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro reservaram os dois últimos dias do evento para fechar a pauta de reivindicações que será negociada com cada banco.


Ao todo foram realizados nove encontros por banco: BB, Caixa Federal, Bradesco, Itaú, HSBC, ABN/Real, Unibanco, Santander e outro grupo que reuniu os bancários dos estaduais, regionais e federalizados, composto por Banrisul, Banese, Banestes, Basa, BRB, BEP, Besc, Banpará e Nossa Caixa.


Confira abaixo as principais reivindicações de cada banco

Bradesco – Plano de Cargos e Salários (Campanha Nacional de Valorização dos Funcionários do Bradesco); Auxílio Educação; PLR Maior; Treinet; Fim da exposição do ranking nas agências que desencadeiam assédio moral e pressão por metas e ações direcionadas para a clientela denunciando o falso discurso de Responsabilidade Social do banco.

Itaú – Fim da violência organizacional (metas abusivas, combate ao assédio moral); Correção dos problemas com a previdência complementar (fundos de pensão dos trabalhadores do Itaú); Saúde e condições de trabalho (prevenção e reabilitação); Novo PCS; Novo PCR (Participação Complementar nos Resultados) e Auxílio-educação.

Unibanco – Proteção ao emprego; regular a contratação do menor aprendiz e que, caso haja a efetivação, que essas pessoas tenham garantidos os mesmos direitos dos demais bancários; saúde e condições de trabalho e remuneração variável.

HSBC – RMO – Ações para evitar a retirada das gratificações de caixa (GCX) e a extensão da jornada de trabalho; retirada do item que penaliza o bancário no cumprimento das metas; fim do Cash Total; fim da terceirização e contratação de novos funcionários; bônus Fest ou Cesta Natalina; aumento das Bolsas Educacionais (de 900 para 1100 bolsas); solução para os problemas do Plano Odontológico; segurança bancária e revogação do artigo 508 da CLT que combate as demissões por justa causa por restritivo financeiro.

ABN/REAL – Campanha Nacional em Defesa do Emprego dos Bancários Brasileiros articulada com a Campanha Nacional; realinhamento de salários dos assistentes dos prédios administrativos (Matriz, CAO ABN, Consumer), e, nas agências, os salários dos subgerentes, supervisores de operações, gerentes de relacionamento.

Santander – Encontro Nacional dia 25/8 para aprovação da minuta, em SP. Durante a Conferência, os bancários do Santander discutiram sobre o Plano de Saúde e o assédio moral, principalmente as metas abusivas.

BMB – Plano de saúde para cônjuge e dependentes dos bancários, com os mesmos critérios de pagamento do titular; 13º do salário no auxílio refeição e cesta alimentação; PLR adicional caso o banco apresente qualquer evolução nos lucros em 2007, independentemente da porcentagem de 15%.

Estaduais, Regionais e Federalizados – Implementação de PCS; Resgate da função social dos bancos; democratização da gestão dos fundos de previdência; democratização da gestão dos bancos, com a criação de DIREPs e COREPs; combate aos processos de precarização do trabalho e criação de banco de dados acerca deste seguimento pela Contraf-CUT sobre os processos de negociação.