Definido calendário de negociação com os bancos

15


Apesar de aceitar o calendário de negociações proposto pelo Comando Nacional dos Bancários, a Fenaban não assinou o pré-acordo para garantir a validade da CCT, ou seja, garantindo os direitos após 31 de agosto. Os bancos também assumiram o compromisso de apresentar uma proposta final para os trabalhadores até 1º de agosto. A segunda rodada de negociação foi realizada dia 12/7, em São Paulo e definiu o calendário das próximas mesas.


A terceira rodada será dia 19 de julho e debaterá Saúde e Condições de Trabalho, as próximas serão em 25 de julho, sobre Emprego e no dia 1º de agosto serão discutidas as cláusulas econômicas.


O Comando reiterou a importância do pré-acordo para manter a validade dos direitos da categoria e dar tranquilidade aos bancários. Estabelecer um calendário com compromisso de negociações mais efetivas foi um passo importante na negociação, na expectativa de uma proposta final até 1º de agosto.


O Comando Nacional dos Bancários cobrou e os negociadores das instituições financeiras reforçaram que respeitarão a negociação em mesa nacional e unificada. O Comando também quer resolver a campanha na mesa de negociação.


“É importante nesse momento que os bancários se mantenham mobilizados e atentos à convocação do Sindicato para plenárias e atos em defesa dos direitos, dos empregos, dos bancos públicos. O golpe contra a classe trabalhadora continua e toda atenção na nossa Campanha Nacional Unificada é necessária”
José Eduardo Marinho, presidente em exercício do SEEB/CE e membro do Comando Nacional dos Bancários