Delegados sindicais do Banco do Brasil reforçam unidade para Campanha

18

Construir a unidade e fortalecer a campanha nacional deste ano foi a tônica dos debates do Encontro dos Delegados Sindicais do Banco do Brasil ocorrido na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará, no último dia 9/8. Os debates contemplaram principalmente a minuta específica do Banco do Brasil, sendo pontuados os principais eixos da luta deste ano, tais como PCCS, fim da lateralidade, PLR e, com destaque, a valorização do trabalhador.


O presidente interino do Sindicato dos Bancários do Ceará e funcionário do BB, Carlos Eduardo, falou sobre campanha salarial deste ano e enfatizou a importância da organização dos bancários, especialmente dos delegados sindicais. Disse: “este ano é imprescindível qualificar o debate o máximo possível, garantindo aos delegados a organização dos locais de trabalho e fortalecermos a nossa campanha nacional” E completou: “nossa meta é aumentar o piso, a luta pelo PCS em todos os bancos, além de um novo formato de PLR”.


O supervisor técnico do DIEESE no Ceará, Reginaldo Aguiar, fez a palestra do Encontro abordando a conjuntura nacional e internacional e apontou alternativas para a negociação da campanha nacional. “Os bancários têm alguns desafios para essa campanha, como a luta pela redução da jornada de trabalho e a diminuição da rotatividade no setor; o fortalecimento do ramo financeiro, com a inclusão dos financiários e outros trabalhadores do setor e a reflexão sobre um novo modelo de greve, num ambiente cada vez mais dominado pela tecnologia”.


Ao final do Encontro foram lideradas as seguintes propostas: realizar o Seminário sobre Inflação e as Campanhas Salariais com o DIEESE, no dia 21/8, das 14 às 18h; reuniões por locais de trabalho para aprofundar o debate da minuta geral da categoria e a minuta específica do BB e Oficina sobre Negociação pelo DIEESE.