Denifido calendário de negociações específicas ao aditivo

29

Na primeira negociação específica entre as entidades sindicais e o Grupo Santander Brasil para firmar um aditivo único à Convenção Coletiva de Trabalho 2009/2010, realizada na sexta-feira, dia 18/9, em São Paulo, foi definido o calendário das próximas rodadas. As reuniões começarão uma semana após o final das negociações entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban.


Haverá três reuniões, uma por semana, discutindo cada um dos três blocos: cláusulas renováveis, propostas de inclusão no aditivo e Programa de Participação nos Resultados (PPR) de 2009.

13º SALÁRIO – O banco atendeu a reivindicação das entidades sindicais e informou que fará o pagamento da segunda parcela do 13º salário deste ano na folha de novembro para todos os trabalhadores. Já em 2010 o pagamento será efetuado nos meses de março e novembro para todos os trabalhadores. As entidades sindicais solicitaram ainda que o Santander, enquanto patrocinador, estenda o pagamento do 13º salário em novembro para os assistidos do Banesprev, HolandaPrevi, Bandeprev e Sanprev. O banco ficou de analisar a reivindicação.

DOIS SALÁRIOS – O banco confirmou que vai estender aos funcionários do Santander a prática do Real de conceder o pagamento de um prêmio de dois salários ao trabalhador que completa 25 anos de banco, mas somente a partir de janeiro de 2009. A data do crédito ainda não foi definida, com data indicativa para outubro. Depois, o banco passará a fazer o pagamento sempre no mês em que o funcionário completar 25 anos. O banco aceitou a reivindicação dos bancários e estenderá o crédito para todas as empresas do Santander Brasil. Os bancários reivindicaram novamente a extensão do prêmio para quem completou 25 anos no Santander em anos anteriores e ainda está na ativa.


PIJAMA – O banco aceitou a reivindicação das entidades e reabriu as adesões à licença remuneração pré-aposentadoria (pijama) até o próximo dia 31/10. Essa conquista tem validade até o dia 30/3/2010 para quem preencher até lá os requisitos mínimos para se aposentar.

INTERDITOS – As entidades sindicais repudiaram a atitude do Santander foi o primeiro banco a procurar a Justiça para tentar impedir o direito constitucional de greve dos trabalhadores, numa prática antissindical e antidemocrática. O banco conseguiu interditos proibitórios, em São Paulo, Pelotas e Rio Grande. Os representantes do banco limitaram-se a dizer que o procedimento havia sido adotado por todo sistema financeiro.

PM DE SÃO PAULO – Os bancários também repudiaram a iniciativa do presidente do Santander Brasil e da Febraban de solicitar uma reunião secreta entre os responsáveis pela segurança dos maiores bancos do País com a Polícia Militar em São Paulo. O encontro, ocorrido no último dia 11/9, discutiu um esquema de ação conjunta para reprimir a greve dos bancários.