Dia Nacional de Combate ao Câncer

13

O dia 27 de novembro, Dia Nacional de Combate ao Câncer, não é uma data para ser comemorada. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), cerca de 140 mil pessoas morrem todos os anos no Brasil vítimas da doença. O câncer é responsável por cerca de 13,7% das mortes registradas no País. Apenas as doenças circulatórias matam mais (em torno de 27,9% do total de mortes). A tendência nos países mais desenvolvidos é de que o câncer torne-se a principal causa de morte. Os casos associam-se a hábitos como consumo regular de bebidas alcoólicas, tabagismo, sedentarismo, má alimentação e obesidade. O aparecimento do câncer também pode estar ligado à exposição ao sol.


O câncer de mama ocupa o primeiro lugar no ranking. Em seguida vem o câncer de estômago e o de pulmão fica em terceiro lugar. O câncer de próstata também é um dos mais preocupantes e está em quarto lugar.


Embora o câncer de mama lidere o ranking do número de casos, o de pulmão está no topo da lista em número de óbitos. A grande dificuldade brasileira para enfrentar o câncer é despertar a consciência da população e classe médica para a importância da prevenção. Todas as modalidades de câncer que registram o maior número de casos e de óbitos são preveníveis e o Brasil conseguiria reduzir consideravelmente a marca apenas adotando medidas simples.


Exames específicos conduzidos regularmente por profissionais de saúde também são importantes quando o assunto é prevenção. Nesses exames simples podem ser detectados câncer de mama, de colo de útero, reto, próstata, testículo, língua, boca e pele, entre outros.


O auto-exame de mama e de pele também é um importante aliado e pode resultar num diagnóstico precoce da doença. A prática do sexo seguro entra na lista das medidas mais importantes para combater o câncer de cólo de útero, prevenindo 80% dos casos. Qualquer pessoa está sob o risco de desenvolver o câncer. Como a ocorrência aumenta com a idade, a maioria dos casos acontece com os mais velhos. Entretanto, o surgimento do câncer está relacionado à exposição ao risco e é nesse aspecto que cada pessoa pode contribuir para evitá-lo.